Caráter indiscriminado


""Dê uma olhada na rosa. Ela pode dizer "vou oferecer minha fragância às pessoas boas e negá-las às más"? Ou você conseguiria uma lâmpada que retém seus raios para a pessoa ímpia que busca andar em sua luz? Só poderia fazer isso se deixasse de ser lâmpada. Observe quão inevitável e indiscriminadamente a árvore dá sua sombra a todos, bons e ruins, jovens e velhos, grandes e humildes; para os animais, para os humanos e toda criatura vivente - mesmo para aquele que procura cortá-la. Essa é a primeira qualidade da compaixão - seu caráter indiscriminado.""


Anthony DeMello, the way to love, p. 77


A ordem de Jesus para amarmos uns aos outros nunca está circuscrita à nacionalidade, ao status, à origem étinica, à preferência sexual ou à amabilidade inerente ao "outro". O outro, aquele que reclama meu amor, é qualquer um a quem estou apto a reagir, como ilustra claramente a parábola do bom samaritano. "Qual destes três, em sua opinião, foi prestativo ao homem atacado pelos ladrões?", perguntou Jesus. A resposta foi: "Aquele que o tratou com compaixão". Jesus disse a eles: "Vão, e façam o mesmo".


"Venha o teu Reino?" O que faz o Reino vir é a sincera compaixão: um caminho de ternura que não conhece fronteiras, rótulos, compartimetagem, etc... Jesus, a face humana de Deus, nos convida a uma reflexão profunda sobre a natureza do discipulado verdadeiro e do estilo de vida radical de um filho de Deus.

3 comments:

Shaila said...
This comment has been removed by the author.
Shaila said...

"você conseguiria uma lâmpada que retém seus raios para a pessoa ímpia que busca andar em sua luz? Só poderia fazer isso se deixasse de ser lâmpada. Essa é a primeira qualidade da compaixão - seu caráter indiscriminado."

Isso sim define a compaixão !
Adorei o blog, vc temt alento rs
bjo

Rachel said...

Ama ao teu próximo(sem acepção, distinção etc) como DEUS te amou!
Isso diz tudo, resume tudo e complica tudo, rsrsrs!
É simples, mas nós que complicamos, rsrsrs!
Que DEUS tenha misericórdia de nós, seres tão sem compaixão.

Beijinhos